7 (Mulher + Dinheiro) x Homem

Tenho duas coisas a dizer:
1. As mulheres, hoje em dia, estão com um potencial enorme.
2. Devido a esse potencial, muitas delas avançam profissionalmente, e posicionam-se melhor que os homens.
 Aí eu pergunto, e quando o segundo tópico ali, acontece dentro de um relacionamento, como fica?
 Muitos vão dizer aqui “Ah, normal, não muda nada” ou “Se existe o amor, isso não é problema”. Mas será? Será mesmo que é tão simples assim?

Vejamos primeiramente o principal motivo que impede esse fato de entrar facilmente na cabeça das pessoas que é a ideia de que o homem deve ser quem sustenta a casa, quem sustenta a família, e a mulher, logicamente, cuida da casa e dos filhos. Mas gente, nesse mundo que a gente vive agora, tem cabimento uma ideia ultrapassada dessa? Claro que não!
 Aí vem a ideia de que “os dois dividem trabalhos e despesas”. Ok. Quando isso é possível, perfeito.
Mas e quando acontece a 3ª possibilidade (a mulher ganhando mais e sustentando a casa), como ficam as coisas? Iiiih agora complicou hein, os homens até coçaram a nuca. Muito difícil para eles aceitarem isso, e para as mulheres também, porque não é o que planejamos ou esperamos para nós mesmas, na maioria das vezes.
 Começamos a ter planos, a viver uma vida diferente, pensar no trabalho, pensar na ascensão profissional, e na hora de dividir as experiências, as histórias, ele não tem muito que falar a não ser “Que bom, amor” ou “Fico feliz”. Depois, começam a vir as discussões, porque ele acha que a mulher só pensa no trabalho, não liga mais pra ele, enquanto na verdade não é nada disso. Mas como ele não trabalha, ou o trabalho dele exige menos, ele nunca vai entender.
 Sim, muito complicado. É nessa hora então que se encaixa perfeitamente o que eu sempre digo: “Pra estarem juntos, os dois devem andar juntos e crescer juntos. Um não pode crescer e o outro ficar para trás, se não começa a não dar certo.” Pensem nisso.

7 comentário(s):

Leticia Duarte disse...

Bem, eu acho que as vezes complicamos muito. Tenho pensado que essa busca para igualdade entre sexos é uma besteira. Como igualar duas coisas que não são iguais? Direitos sim. Mas não tudo. Não podemos deixar de lado todo o lado feminino para sermos iguais aos, eca, homens. Rs. Mas falando sério, igualando tudo, esquecemos algumas coisas genéticas, como a afeição da mãe ao ter filho, a força do homem. Não que homens não gostem de seus filhos, nem mulheres sejam fracas. Mas não podemos negar nosso Dna, nossa genética, não mesmo. Não podemos esquecer as figuras que representamos. A feminina e a masculina.
Mas enfim, concordo com a premissa de que num casal, os dois devem crescer juntos. Não quero trabalhar e ver que meu marido é um vagabundo, nem ver meu marido ralando enquanto eu faço compras.

Falei um monte de besteiras, e um monte de blablabla. Divagar com sono quando se trabalha no dia seguinte é fogo.

Beijos, amorzinho.
Até amanhã hahahaha

RobertoCunha disse...

achei legal e ao mesmo tempo muito restringido esse pensamento. O que ocorre hoje em dia é o seguinte: Mulheres estão, historicamente, acostumadas com maridos sustentando a casa. Quando começam a trabalhar e a crescer profissionalmente acham que, mesmo assim, os homens tem que sustentar os lar e o dinheiro dela, é dela, para os luxos dela.
No meu ver, acho que não é tão simples os dois andarem juntos, crescerem juntos, etc. pois as facilidades/dificuldades que cada um passa na infância/adolescencia são singulares, assim como as oportunidades que cada um teve. Por isso, apesar de parecer piegas, ainda fico com a teoria de que o amor rompe barreiras, inclusive a financeira!
ps. Aproveito pra divulgar meu outro blog
http://criativorj.blogspot.com
Câmbio, desligo!

Wellington disse...

Débora, nome lindo, concordo com você, acho sua postagem super legal com tema bem relevante. Moro numa república com mais 4 pessoas e nós os homens da república lavamos roupa, cozinhamos, limpamos casa, vamos até trocar de casa, administramos contas e claro que nossas namoradas acham nós meio raros pois estamos na federal e tiramos notas altas... hahaha... Viva nossos pais conservadores. XD

Mas, enfim, mulher gosta de carinho, atenção e parceria. Foi-se o tempo de falta de estudos. Quem tem conhecimento sabe que nada melhor que dividir as tarefas e até na cama o negócio só da certo se as duas partes entrarem em ritmo né? ...hahaha...

Enfim, carinho, atenção, respeito e empatia além de outras qualidades mais devem ser mútuas tanto dos homens quanto das mulheres. =D

Desejo sucesso e um grande abraço!

http://neowellblog.wordpress.com/

Paula disse...

Bom concordo que devem crescer juntos, mas é fato que o homem tem que ter renda maior que a mulher, senão como ela faz pra gastar o salário dele? Seria algo inaceitável...
Mto bom seu blog.
Abraços

roberta iluar disse...

Legal,vi seu blog na comunidade e adorei.agora passa lá no meu,que tem uma boa causa.

beijos

www.solidario.blog.br
www.solidario.blog.br
www.solidario.blog.br

Maijleite disse...

É complicado isso;mas já ouviu dizer que "quem casa não pensa e quem pensa não casa"?a questão do dinheiro pode causar conflitos mas isso não deve ser o mais importante na hora de decidir com quem dividir a vida por que "salário" é uma coisa que pode mudar de uma hora pra outra.

HugoB. disse...

seguindo seu blog *-*
segue o meu ?
www.naocapisco.blogspot.com

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p

P�gina Anterior Pr�xima P�gina Home
 

Copyright © 2013 Chocolate e Coca-Cola // Elaborado por Débora Oliveira