12 Feliz é o Peter Pan

Era ontem que eu estava toda saltitante, chegando da escolinha, com fantasia de Carnaval e contando pra mamãe como tinha sido a festinha lá. Sem preocupação nenhuma, sem nenhum horário pra cumprir, sem ter horas de estudo, sem dores de cabeça de tanto trabalho...

Era ontem também que eu almejava crescer logo pra poder sair sozinha, com os amigos, pra onde eu quisesse. Mal eu sabia que quando chegasse essa época, outras coisas também chegariam, e eu acabaria por não ter tempo pra fazer o que eu achava que poderia.

 Quando somos crianças, queremos crescer. E agora que crescemos, queremos ser crianças de novo? É a famosa frase do “eu era feliz e não sabia”. Não que agora eu não seja. Claro que sou. Com outros valores, outros aspectos na minha vida, mas naquela época era uma felicidade plena! Cabeça vazia... Ah não, eu me preocupava sim! Com a hora do desenho na TV e se o Papai Noel ia me trazer o presente que eu pedi. Mais nada.

Papai Noel... Ainda tem essa. Uma vez fiz o “papai Noel” me trazer dois presentes! Resolvi mudar de ideia dois dias antes do Natal, e minha mãe teve que correr pra conseguir comprar a Barbie Nadadora (sendo que ela já tinha comprado o presente anterior que eu pedi)! HAHAHA. Claro, porque se eu mudasse de ideia e o papai Noel não me ouvisse, eu não ia acreditar nele. Acabei ganhando dois presentes! Palmas pra mim! Foi o melhor golpe já feito pra enganar o bom velhinho.

Como não temos escolha, o jeito é continuarmos crescendo como sempre quisemos quando éramos crianças, e fingindo que não temos inveja do Peter Pan.


12 comentário(s):

Lissa disse...

Gostei do que "disse" em relação a ser criança. Acho que todos nos sentimos assim, a não ser quem sofre algum tipo de exploração na infância, mas aí já é outro assunto. O fato é que ser criança é muito bom, e recordar também o é. "Recordar é viver". Agora em relação ao papai noel... Meus pais nunca me iludiram a esse respeito e não tenho traumas disso. Papai do Céu nos presenteia diariamente,ainda que não percebamos, enquanto que papai noel: só no natal, aliás, nem isso porque ele é de mentirinha.
Larissa Gama (UFRRJ)

Karla Hack dos Santos disse...

Quando se é criança a magia se faz mais presente e colorida... e nem notamos esta.
Eu tinha a síndrome Peter Pan não queria de jeito nenhum crescer!
Mas, com o tempo fui aprendendo a usar o encanto infantil na vida adulta idem!

;D

Pobre esponja disse...

Não somos adultos que eram crianças, e sim crianças maduras oprimidas pela "boa moral" vidente.
Parabéns pelo texto.

bj
Pobre Esponja

M!sunderstood disse...

ótimo texto, aliás adorei também a imagem...Bastante realista né xD

Estou seguindo seu blog.

Um beijo, M!sunderstood

Láh/ disse...

Aaah, seria legal se nós tivessemos dois botõezinhos:
- Voltar a ser criança
- Voltar a ser adulto

Debbie disse...

Vi seu recado na comunidade de blog no orkut e estou seguindo... peço para seguir o meu tbm!! :)
Abraço

Nícolas Queiros disse...

kkkkk Realmente! Que inveja do Peter Pan! Parabéns pelo blog! Mal conheci e já vi que é interessante...
Me tornei seguidor já! Depois segue o meu de volta? Ficaria muito honrado ^^

http://nicolasqueiros.blogspot.com

Nícolas Queiros disse...

Pronto! Já adicionei seu banner também! Espero que essa parceria gere sucesso para ambos! Depois não deixe de seguir meu blog viu? Fico na espera...
Beijão ;*

pisovelho.com.br disse...

Realmente é isso mesmo...

É que quando crescemos vem certas responsabilidades e o mundo está cada vez mais difícil e duro para nos desenvolvermos como pessoas...

daniel henrique disse...

todos em um certo momento da vida tem a síndrome peter pan ...
a vida adulta gera responsabilidades que eram interesantes quando crianças... ledo engano!

Iago Oliveira, disse...

São as lembranças, nostalgia. Isso é bom.

http://brevejornada.blogspot.com

Apaixonados disse...

Como era bom ser criança, mas confesso que cada fase possui sua própria mágia cabe a nós viver o presente. Quero amanhar ter saudades de hoje, mas hoje quero apenas fazer valer apena sentir saudades depois. Quero velhinha lembrar dos meus dias e pensar: "Caramba, eu vivi bem". Adorei o post.
Beijoo
Thai

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p

P�gina Anterior Pr�xima P�gina Home
 

Copyright © 2013 Chocolate e Coca-Cola // Elaborado por Débora Oliveira